Mais que uma agência na internet,

Nós desenvolvemos soluções.

Isso é o que fazemos

Conheça um pouco sobre o que podemos fazer por sua empresa e/ou negócio. Precisamos apenas de uma conversa, e um mouse.

Web Design

Nós gostamos de encher os olhos de quem vê nossos sites. Desenvolvemos sites em Curitiba, para o mundo.

E-commerce

Precisa vender na internet? Temos soluções completas de e-commerce. O portal no ar, e a grana na sua mão.

Design Gráfico

Desenvolver a identidade visual de sua empresa é com a gente. Fortalece sua marca, e valoriza seu serviço e/ou produto.

Plataforma EAD

Ensino à distância é a nova tendência do mercado, adquira a sua agora mesmo, veja mais detalhes.

Assessoria

Da identidade visual ao seu projeto web. Para que sua marca se fortaleça e você saia na frente.

SEO

Melhore o posicionamento do seu site nos buscadores para atrair seus clientes em potencial.

Atualização de sites

Seu site está desatualizado? Precisa apenas de um banner ou chamada? Deixe com a gente!

Redes sociais

Atualização e campanhas nas redes sociais. Seus clientes já estão lá, nós ligamos eles à você.

web design

Listamos alguns projetos de web, aqui estão sites já finalizados, apenas layout e projetos em andamento. Sites em Curitiba, Lojas Virutais (e-commerce), Plataformas de Ensino à Distância.

Design Gráfico

Definir a Identidade visual de sua empresa é, com certeza, o primeiro passo para uma marca de sucesso. Nós vamos desde a definição da sua logo, até a impressão de materiais, publicação em mídias sociais e comunicação visual interna.

Plataforma de Ensino à Distância em Curitiba com Streaming Integrado





  • Conteúdo facilmente administrável
  • Streaming Integrado
  • Diversas formas de pagamento
  • Emissão de Certificados
  • Banco de Provas
  • Compartilhamento nas Redes Sociais
  • On Demand
  • Live Streaming

saiba mais

Layouts personalizados em Curitiba

Desenvolvemos layouts 100% personalizados, e entregamos em PSD ou já programado para sua agência desenvolver o restante do site.

Clique aqui para entrar em contato conosco
layouts em psd curitiba, layouts para agências web

blog

Novidades, dicas, e um pouco do que se passa em nossa cabeça.

 

 

Google Maps offline

Google Maps enfim libera mapas offline no Brasil

Gizmodo 10/11/2015

Acabou o perrengue para quem quer usar o Google Maps sem internet no Brasil. Uma atualização que começa a ser liberada nesta terça-feira (10) trará a funcionalidade de baixar mapas de determinadas áreas e ter navegação guiada por comandos de voz. O recurso estará disponível para Android (na versão 9.17 do Maps) e será liberado aos poucos. Usuários de iPhone receberão essa atualização em breve.

Com o Maps atualizado, o usuário poderá fazer a busca de uma cidade. Em seguida, aparecerá uma tela na qual você terá a opção de baixá-lo. Após o fim do download, o arquivo constará em uma parte do app chamada “Áreas Off-line”.

Brazil Offroad GIF

Segundo o Google, o recurso foi feito visando o usuário de smartphone que não tem grande franquia de dados ou pessoas que não querem gastar o plano de dados durante uma viagem. Além dos detalhes de ruas, o arquivo baixado conta com detalhes de estabelecimentos (nome, endereço, telefone e uma breve avaliação dos usuários).

O download de áreas do Google Maps é limitado a 2,5 GB. Quanto mais complexa for a extensão selecionada, maior será o tamanho do arquivo. Portanto, você deve ficar esperto com os mapas que você quiser salvar, pois facilmente pode ocupar uns 300 MB de armazenamento do seu telefone. Além disso, o usuário deve ter em mente que a maioria das funcionalidades offline são para quem navega de carro — a empresa disse que planeja melhorar o Maps Offline com direções para pedestres e ciclistas — e não há detalhes de trânsito em tempo real.

O Google diz que os mapas têm validade de 30 dias. Perto da data de vencimento, o Maps sugerirá baixar uma nova versão. Caso contrário, corre o risco do mapa complicar sua vida com alguma direção.

Apesar de ter uma cópia offline do mapa, a princípio, esse download não reduzirá o consumo de dados de um usuário que esteja navegando conectado. “Em um primeiro momento, a opção de ter mapas offline não ajudará a economizar o plano de dados para quem tem conexão. No entanto, o fato de ter os mapas já pré-gravados no telefone ajudará em breve”, explica Marcus Leal, gerente do Google Maps para a América Latina.

O Google liberou mapas offline em 2011 em fase de testes, e oficializou o recurso em 2012 – mas, sem explicar o motivo, retirou o Brasil da lista de países suportados. Nesse meio tempo, o jeito era usar alternativas como o Here Maps. O Google prometeu durante o evento I/O 2015 que iria expandir as funcionalidades offline do Maps em países emergentes, e foi isso o que aconteceu.

O recurso chega em boa hora, sobretudo com essas notícias de corte de internet após fim da franquia. Não custa nada ter uma cópia do mapa da região onde você mais perambula.

Dicas de Facebook

Potencialize a divulgação de sua marca

Alan Mariasch 20/10/2015

Uma plataforma online com mais de 1 bilhão de usuários de todas as idades e classes sociais, sendo 76 milhões de brasileiros (2º país do mundo em número de cadastrados). Índices crescentes de inclusão digital no Brasil, com 36% da população já possuindo smartphones e 83 milhões de pessoas que já tem acesso à internet.

Sabendo de tudo isso, é possível dizer que o potencial de comunicação e marketing do Facebook talvez não seja bem aproveitado pelo mundo corporativo. Mas como fazer para divulgar minha empresa nessa poderosa ferramenta chamada Facebook, e como me relacionar da forma mais adequada com meus stakeholders que estão por lá?

Fazer-se presente: Você compraria algo de uma empresa que não tem site? Pois algo parecido acontece com o Facebook, especialmente para organizações B2C (business-to-consumer, empresas que vendem diretamente ao consumidor final). Todas as grandes empresas, e aquelas que querem ser grandes, já tem suas fan pages. O que está esperando para criar a sua?

Agregar conteúdo: Com a overdose de informação a que somos expostos diariamente, fica difícil se destacar no Facebook com postagens meramente publicitárias, do tipo “Compre nosso produto, ele é ótimo!”. Elas provavelmente serão ignoradas ou ocultadas do feed dos usuários. Chegou a hora de oferecer algo a mais: um banner engraçado, uma curiosidade, uma promoção, uma novidade, uma dica, etc…

Velocidade nas respostas: Esqueça a seção “Carta do leitor” dos jornais. Você não tem muito tempo para responder seus fãs no Facebook, ainda mais se for uma crítica ou reclamação. Caso você demore, ele pode compartilhá-la para seus amigos, o que pode fazer a bola de neve crescer exponencialmente.

Publicidade direcionada: O Facebook é uma das principais ferramentas online onde você pode fazer publicidade segmentando seu público por local, idade, sexo, interesses, etc, atingindo nichos específicos para captar curtidores para sua fan page e/ou patrocinar posts, aumentando sua viralização.

Use com moderação: OK, você entendeu a enorme importância do Facebook para sua empresa e vai começar a postar frequentemente. Cuidado! Fan pages com várias postagens diárias podem incomodar os usuários e correm o risco de se tornarem insuportáveis. Ou você gosta de ver seu feed poluído com um único assunto?

Planejamento é obrigatório: Antecipe-se. Faça cronogramas mensais, com programação especial em datas comemorativas e distribuindo as postagens de forma equilibrada durante cada semana, de modo que não fique muito tempo sem se comunicar com os usuários ou não abuse de postagens frequentes.

Invista em qualidade: Pesquisas do próprio Facebook indicam que o conteúdo visual é o que mais se destaca na rede, quando comparado àqueles com apenas texto. Portanto, se você não domina ferramentas de design, não se aventure no Paint: contrate um profissional para fazer seus banners e você verá os resultados.

Estimule a viralização: Entenda seu público-alvo. Ele gosta de um conteúdo mais complexo ou procura apenas diversão? Qual é sua faixa etária? A equação do post viral é complexa, mas passa por alguns fatores fundamentais: horário da postagem, originalidade, humor e sensibilização.

Benchmark: Estude como seus concorrentes usam o Facebook. Também é importante analisar os cases de sucesso da rede, mesmo aqueles que são de outros segmentos. É vital estar sempre atento às novas tendências da internet e às mudanças frequentes do Facebook, que constantemente agrega (e retira) ferramentas, muda layouts, atualiza regras, etc.

Meça os resultados: Todo esse trabalho só terá sentindo se você medir sua eficiência. Analise seus posts, excluindo do próximo cronograma aqueles com baixo retorno e investindo naqueles que tiveram sucesso. Estude atentamente as estatísticas fornecidas pelo Facebook para otimizar seus resultados: horários que os fãs que estão mais online, taxa de envolvimento dos posts, evolução do número de curtidores, etc.

Estratégias de SEO

5 dicas para 2015

Site: A guerra do SEO 20/10/2015

Graças ao Google, que proporcionou um certo suor na comunidade SEO graças as suas atualizações de algoritmos ao longo de 2014, muitos profissionais tiveram que se reinventar para trazer resultado para seus clientes (e muitos ainda nem sabem que caíram de posição). Mas a missão atual do buscador é de penalizar os sites com o conteúdo com baixo valor, ou melhor, conteúdo menos qualificado de acordo com a pesquisa realizada pelo usuário. Estamos vendo que ajustes somente por palavras-chave já não estão mais funcionando para melhorar a posição de nossos clientes, então quais serão as tendências do SEO para 2015?

Separei aqui algumas ações que devem ajudar a todos a melhorar seus resultados neste novo ano. Vamos lá?

1) Palavras amigas do “Beija-Flor”

Não, não estou sendo hippie. O beija-for, ou melhor, o Hummingbird é o algoritmo responsável por compreender as buscas realizadas pelo usuário. Ele que faz a diferenciação de uma palavra exata x a intenção de pesquisa do suário.

As palavras-chave ainda são importantes na elaboração do conteúdo. Mas agora você deverá pensar também em centenas de combinações diferentes que casem com o texto. Por exemplo, para uma floricultura que tem como palavra-chave o termo flores, tente inserir no texto frases como arranjo de flores para mesas, onde comprar flores para namorados, entrega de flores.

Em seguida, classifique estas frases em três categorias: informação, navegação e ação de compra. Crie conteúdos informativos e educativos, que ligam seu produto para a página de vendas. Consultas de navegação servem para quem está procurando por sua marca ou produto direto. Consultas de ação de compra são aquelas que vão direto ao ponto. Inclua as palavras desconto, comprar, contratar, etc.

2) Aprimorar a estrutura de URL do seu site

Ter uma estrutura simplificada de URL ajudam, muitas vezes, a melhorar o posicionamento de seu site nos mecanismos de busca. Sites com uma estrutura complicada tendem a perderem espaços e relevância. Lembre-se da busca amigável e foco no usuário.

URLs dinâmicas que acabam com caracteres como ?=id234+asjKs são as que possuem maior taxa de regeição, e por consequência, são as que mais sofrerão negativamente no ranking. Estas URLs não possuem os termos da pesquisa no link, não possuem as palavras-chave e seu índice de qualidade são completamente baixos. Invista um pouco mais de tempo no desenvolvimento e utilize as URLs amigáveis.

Atenção: Muitas pessoas acham que lotar a página de links é ótimo para o SEO do site. ERRADO – Páginas com muitos links ou com links irrelevantes ao conteúdo são penalizadas e o domínio pode até ser banido do mecanismo de busca. O Google não estabelece mais o limite de até 100 links por página, ao invés disso ele aconselha a fazer ligações relevantes aos leitores. Se você possui muitos links relevantes aos usuários do seu site, tente dividir este conteúdo em várias páginas.

3) Foco em poucos links, porém qualificados

É muito melhor ter poucos links vindos de grandes referências do que milhares de links em sites com pouco ou nenhum acesso.

Links Editoriais – Geralmente são ligações vindas de sites de comunicação. Notícias sobre sua empresa, citações, artigos, resenhas, etc. PS: Assim que sair um conteúdo seu em algum veículo, compartilhe na hora nas redes sociais #ficadica

Citação conjunta – Toda a vez que o link para seu site aparece junto com concorrentes ou produtos semelhantes. Ele é muito bom para o SEO pois o Google identifica que sua empresa é semelhante a outras que podem ter uma visão melhor no buscador. Uma forma simples de conseguir isto é fazendo uma lista como: “top 10 (termo para seu produto/serviço)” ou “Os melhores (termo para seu produto/serviço) de 2014“.

Exemplos: Top 10 sites de SEO do Brasil ou Os melhores sites de SEO de 2014

4) Veja além dos resultados personalizados

Os resultados do Google são totalmente personalizados de acordo com o seu histórico de navegação de localização de seu endereço IP. Isso faz com que o resultado de uma pesquisa sobre o mesmo termo emPorto Alegre seja completamente diferente para um usuário em Florianópolis.

Estes problemas podem aparecer também quando utilizamos uma ferramenta SEO em ambiente web, pois estas ferramentas pegam a sua localização e seu IP para as referências de consulta. Uma dica é utilizar oRank Tracker ou outra ferramenta do gênero que permita alterar os fatores de localização.

5) Criptografia segura HTPPS

A algumas semanas o Google anunciou oficialmente que o HTTPS seria um de seus fatores para o ranking das pesquisas realizadas pelos usuários. Isto significa que sites que utilizam o protocolo de segurança tendem a serem melhores posicionados no buscador.

Mas claro, se o seu site não lida com dados de clientes como CPF, RG ou Informações Financeiras estas alterações não farão a menor diferença no posicionamento. Portanto, se você possui um blog sobre a surf, não vai perdendo os cabelos tentando saber como colocar o HTTPS em seu site.

Conclusão

As táticas listadas aqui são simples e já utilizadas por grandes especialistas em SEO do mercado. Não existe uma receita de bolo ou algo fácil e definitivo. Todas as ações de SEO dependem de esforço e paciência. 

Google dá Bolsa de US$30mil

Google 4 Doodle dará bolsa de estudos de US$ 30 mil a criança vencedora

Techmundo 20/10/2015

Crianças norte-americanas de até 12 anos de idade estão com uma grande oportunidade nas mãos. A Google acaba de abrir sua competição anual “Google 4 Doodle”, em que a molecada faz um desenho que vai parar na home da Gigante. O campeão leva uma bolsa de estudos de US$ 30 mil.

Se você frequenta o buscador (algo nada difícil de acontecer, diga-se), certamente já reparou nos Doodles, que são formas ou animações diferentes que fazem homenagem a alguma pessoa ou data especial. A competição deste ano, válida apenas para residentes dos Estados Unidos, aceita estudantes de até 12 anos de idade.

Tema: “O que faz eu ser... eu”

Cada ano pede um tema diferente para as crianças usarem a imaginação. Neste ano, o tema é esse aí que você leu: “O que faz eu ser... eu”. Os estudantes podem utilizar qualquer material que quiserem.

A ilustração vencedora ficará na home do Google por um dia inteiro. As inscrições devem ser feitas até o dia 7 de dezembro. Se você conhecer alguém que tem menos de 12 anos e reside nos EUA, dê o toque.

Fale com a gente

Será um prazer para nós receber uma mensagem sua, mesmo que só uma linha.